Webmail
quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Notícias

publicado em 17/04/2019

Santander: os trabalhadores querem soluções

Representantes dos trabalhadores COE Santander e do banco se reunirão no dia 25 para debater uma série de temas que atingem os bancários.

Após envio de ofício à vice-presidência de RH do Santander e carta aberta à presidenta executiva do conglomerado, Ana Botín, o movimento sindical conseguiu arrancar reunião no próximo dia 25 para discutir uma série de problemas que atingem os bancários.

Serão cobradas soluções para os seguintes pontos: pressões e ameaça de demissão contra os bancários que não obtiverem a certificação CPA 10 até maio; unificação de cargos; mudança da bandeira dos vales refeição e alimentação; aumentos abusivos na mensalidade e coparticipação do plano de saúde; retirada das portas giratórias de agências.

Também serão cobradas explicações sobre o vídeo do presidente, Sérgio Rial, falando sobre abertura de agências nos finais de semana para educação financeira e abertura de agências em shoppings centers; reajustes no valor do reembolso de KM rodado; e problemas enfrentados pelos trabalhadores após afastamento pelo INSS.

Segundo Wanessa de Queiroz Paixão, diretora de bancos privados da Federação dos Bancários da CUT de São Paulo (FETEC-CUT/SP), a Comissão de Organização dos Empregados (COE) do Santander esteve reunida, em âmbito nacional, e tem como expectativa na próxima reunião (25) que o banco apresente soluções para todas as pautas e reivindicações apresentadas com transparência. “É importante frisar que a unidade do Brasil do Santander é a mais lucrativa do mundo, representando 25% do lucro da instituição. Por tamanha importância do país, o banco possui condições de atender nossas solicitações e reivindicações”, finaliza a dirigente.

Confira a pauta da reunião em PDF.

  Fonte: FETEC-CUT/SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil