Webmail
terça-feira, 16 de agosto de 2022

Notícias

publicado em 28/05/2022

Recorte de São Paulo da Consulta Nacional feita aos bancários é apresentada na Conferência Estadual da FETEC

Maioria dos bancários considera muito importante representação sindical e reconhece que escolha política influencia na luta por direitos


Os dirigentes da FETEC CUT SP, Wanessa Queiroz e Valdir Machado conduziram de apresentação dos resultados de São Paulo da Consulta Nacional encaminhada aos bancários, feita pelos Sindicatos filiados à FETEC/SP, com o objetivo de levantar as prioridades da categoria para a Campanha Nacional.

O perfil dos bancários, de bancos públicos e privados, que responderam à consulta, indica que a faixa etária mais frequente na categoria está entre 31 e 45 anos, e apenas 43% tem uma jornada semanal de até 30 horas, mostrando o aumento de ocupantes de cargos comissionados.

As bancárias foram maioria entre aqueles que responderam à pesquisa, com 53%. Mais de 80% se declarou branca, reforçando a necessidade de ampliar a diversidade na categoria. 82% dos trabalhadores e trabalhadoras que responderam à consulta são sindicalizados.

Durante o período de 2021/2022, houve redução na quantidade de bancários que atuou no teletrabalho por pelo meno um dia, em comparação ao período anterior.

Os bancários, porém, consideram importante a regulamentação do teletrabalho, e defendem que seja feita de forma coletiva (por meio de negociação com os Sindicatos e assinatura de CCT/ACT), e não por acordos individuais.

No topo da lista de prioridades estão o aumento real, reajuste diferenciado do VA/VR, manutenção de direitos e do emprego.

Saúde 
Com relação à saúde, se destaca o fato de que mais de 50% informou já ter contraído COVID, e quase 10% diz que ficou com sequelas.

O aumento do adoecimento preocupa os bancários, e as respostas chamam a atenção para um aumento de doenças relacionadas ao trabalho, que pode ser vinculado às metas abusivas e ao assédio. Na pesquisa,  37% dos bancários declararam ter tomado medicações controladas nos últimos 12 meses.

Importância dos sindicatos
Os bancários consideram a representação sindical imprescindível, e avaliam ser importante que todos os beneficiados com as conquistas do ACT sejam responsáveis pelo financiamento da Campanha. Para defender os direitos e avançar nas conquistas, os bancários entendem que é necessário participar da Campanha Nacional, e estão dispostos à participar das mobilizações.

Comunicação
Os bancários se mantém informados das atividades sindicais e das notícias da campanha de múltiplas formas. Os meios digitais ganharam espaço, e o contato com os dirigentes permanece sendo um dos mais relevantes.

Influência política
Os bancários entendem que a vida política influencia na luta por direitos: 98% considera importante ou muito importante eleger representantes comprometidos com a luta dos trabalhadores e mais de 85% entende que é importante ou muito importante o combate às privatizações que o atual governo tenta promover.

Ao final da mesa, foi apresentado aos delegados um vídeo com mensagens dos presidentes dos Sindicatos filiados à FETEC, com suas expectativas para a Campanha Nacional deste ano.

fotos: Dino Santos
 

Roberto Rodrigues e Wanessa Queiroz, dirigentes da FETEC CUT SP

foto de capa: Valdir Machado, dirigente da Federação, durante a presentação do recorte da Consulta Nacional em SP
  Fonte: FETEC/SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil