Webmail
quarta-feira, 23 de outubro de 2019

EM CIMA DA HORA

publicado em 04/11/2016

Se não é bom para o Câmbio, não é bom para o Droc

Depois dos bancários do Câmbio, agora o Bradesco quer transferir os funcionários do Droc para o Casp; Sindicato cobra reunião para esclarecer situação e que sejam disponibilizadas opções aos empregados
 
Após a luta bem sucedida dos trabalhadores da Nova Central, agora o Bradesco quer transferir os funcionários do Droc, na Cidade de Deus, para o Casp, como é conhecido o antigo centro administrativo do HSBC situado na Vila Leopoldina. O Sindicato dos Bancários e Financiários de São Paulo, Osasco e Região recebeu várias denúncias nesse sentido.
 
“O banco deveria ter como primeira preocupação a qualidade de vida de seus funcionários, pois tal mudança, imposta de maneira brusca, afeta não só a vida profissional como a pessoal e familiar”, afirma o dirigente João Paulo.
 
Diante dos transtornos que a mudança implicaria na vida dos funcionários, o Sindicato cobrou do banco reunião para esclarecer a situação. “Já pontuamos a necessidade da manutenção do restaurante existente no prédio, de adoção de medidas de segurança nas imediações e a adoção de vans para transporte dos funcionários, partindo tanto da estação Leopoldina quanto da Cidade de Deus”, enumera João Paulo.
 
O Sindicato também vai cobrar do Bradesco que os funcionários possam optar se desejam ir para a Vila Leopoldina ou se preferem ser transferidos para outros departamentos da Cidade de Deus.
 
“Vamos continuar cobrando do banco um canal de diálogo com o Sindicato e com os bancários antes de qualquer eventual mudança”, afirma a dirigente Sandra Regina.
 
  Fonte: Seeb/SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil