Webmail
quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

EM CIMA DA HORA

publicado em 27/10/2016

Spread bancário é o maior desde 2011, diz BC

O spread bancário em setembro atingiu sua maior taxa desde 2011. O número indica a diferença entre a taxa que os bancos pagam para captar dinheiro e os juros que eles cobram para emprestá-lo a consumidores e empresas.

Em setembro, essa diferença foi de 41,2 pontos percentuais, um crescimento de 0,6 ponto em relação a agosto e de 13,7 pontos quando comparado ao mesmo mês de 2015, segundo dados divulgados pelo Banco Central (BC) nesta quinta-feira.

A taxa média de captação dos bancos no mês passado foi de 12,3%, quase a mesma de agosto, quando ficou em 12,2%. Mas a taxa cobrada por eles para emprestar a consumidores e empresas subiu de 52,9% para 53,4% ao ano.

Os dados se referem a recursos livres (que não incluem financiamento imobiliário e empréstimos do BNDES).

  Fonte: Jornal do Comércio
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil