Webmail
quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

EM CIMA DA HORA

publicado em 26/10/2016

Desenvolve SP volta a dar calote nos bancários

Agência de fomento do governo paulista não dá prazo para pagar o abono nem para aplicar os reajustes salariais e nos vales, conquistados na Campanha; Sindicato não aceita e cobra acerto o quando antes
 
Segundo a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) dos bancários, todas as instituições financeiras tinham de pagar a antecipação da PLR (Participação nos Lucros e Resultados) e o abono de R$ 3.500 aos funcionários até o dia 24 de outubro. No entanto, a Desenvolve SP - agência de fomento do estado de São Paulo - pagou apenas a primeira parcela da PLR dentro do prazo.
 
Questionado pelo Sindicato nesta terça-feira (25) sobre o crédito do abono de R$ 3.500 e a aplicação dos índices de 8% nos salários, 15% no vale-alimentação; 10% no vale-refeição e no auxílio-creche, conquistados pela categoria neste ano, os representantes da empresa se limitaram a responder que não havia prazo, pois dependia de autorização de órgãos ligados à secretaria da Fazenda do Estado.
 
“Todos os anos a Desenvolve SP atrasa esse compromisso. Isso poderia perfeitamente ter sido evitado se a sua direção tomasse as medidas necessárias para agilizar esse entendimento burocrático”, critica o dirigente sindical Luciano Ramos. “Agora, ou a empresa resolve isso o quanto antes ou tomaremos todas as medidas necessárias para que os funcionários tenham seus direitos respeitados.”
 
Como a data base da categoria é 1º de setembro, os reajustes nos salários e verbas têm de ser retroativos.
 
Outra conquista da Campanha deste ano é a CCT com validade de dois anos. Assim, para 2017, foram renovadas todas as cláusulas sociais e assegurada reposição da inflação (INPC) nos salários e verbas, acrescidos de 1% de aumento real.
 
  Fonte: Seeb/SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil