Webmail
quinta-feira, 24 de setembro de 2020

EM CIMA DA HORA

publicado em 06/09/2016

Mais de 66% da agências fechadas no primeiro dia da greve dos bancários

Bancários de Bragança, Atibaia e Piracaia já aderiram à paralisação. O BMB não abasteceu o auto-atendimento e os usuários se revoltaram .
 
A greve nacional dos bancários, nas cidades da base do Sindicato de Bragança Paulista, teve a adesão de trabalhadores de mais 66% das agências, no primeiro dia da paralisação.

O único incidente registrado ocorreu na agência do Banco Mercantil do Brasil em Bragança, devido à revolta das pessoas, por causa da falta de dinheiro nos terminais de auto-atendimento, fata que ocorre com frequência, especialmente nos primeiros dias úteis.
 
Cinco rodadas de negociação já foram realizadas, mas sem sucesso. Entre as reivindicações econômicas estão a reposição da inflação do período (projetada em 9,57%) mais 5% de aumento real. A Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ofereceu reajuste de 6,5% e abono de R$ 3 mil, o que representa perdas de 2,8% para a categoria.
 
Fonte: Seeb Bragança Paulista
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil