Webmail
segunda-feira, 3 de agosto de 2020

EM CIMA DA HORA

publicado em 17/11/2016

Consciência negra e a situação de imigrantes no país

Programa de webtv vai ao ar no dia 21, às 17h, ao vivo pelo site e Facebook. Perguntas já podem ser enviadas para debate@spbancarios.com.br
 
Cada um de nós tem uma história de imigração na família. Bisavôs, avós, pais ou nós mesmos em algum momento veio ou foi trazido para o Brasil, afinal somos todos migrantes. Neste mês em que é celebrado o Dia da Consciência Negra, em 20 de novembro, o MB com a Presidenta abordará essa situação e a dos refugiados negros no Brasil, num período em que assistimos uma das mais graves crises migratórias mundial, ocasionada pelo crescente número de conflitos internos em países da África e do Oriente Médio.
 
Segundo dados da Polícia Federal, o número de imigrantes registrados aumentou 160% em dez anos, 117.745 estrangeiros deram entrada no país em 2015, aumento de 2,6 vezes em relação a 2006 quando foram 45.124.
 
Em 2015, 14.535 haitianos estiveram no topo da lista no país pelo segundo ano consecutivo. A nacionalidade é a que mais se destaca pelo crescimento nos últimos cinco anos. Em 2011, segundo a PF, apenas 481 haitianos deram entrada no país – ou seja, aumento de mais de 30 vezes.
 
Na cidade de São Paulo, uma das portas de entrada de imigrantes e refugiados é a Missão Paz. Se na década de 1940, quando o espaço foi criado, milhares de italianos foram recebidos, atualmente, a maioria da população que chega ao local é de negros vindos do Haiti e de países africanos como Angola e Congo.
 
Um dos problemas enfrentados pelos imigrantes no Brasil é a discriminação. Situação também semelhante à vivida na Europa e nos Estados Unidos, país que acabou de eleger como presidente, Donald Trump, com a promessa de combater a imigração e até construir um muro na fronteira com o México para barrar o acesso ao país norte-americano.
 
A edição do MB será apresentada excepcionalmente pela secretária-geral do Sindicato dos Bancários de São Paulo, Ivone Silva. O programa de webtv vai ar na segunda-feira 21, ao vivo pelo site e Facebook mais cedo, às 17h, e faz parte do calendário de atividades do mês da Consciência Negra. Participam dessa edição, Rosana Silva, Secretaria de Combate ao Racismo da CUT/SP; Sarr Massar, representante da comunidade senegalesa no Brasil; além do cientista político Moisés Marques, especialista em relações internacionais e diretor acadêmico da Faculdade 28 de Agosto. Dúvidas ou comentários já podem ser enviados pelo Facebook, Twitter e debate@spbancarios.com.br.
 
  Fonte: Seeb/SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil