Webmail
domingo, 15 de dezembro de 2019

EM CIMA DA HORA

publicado em 21/10/2016

Sindicatos, Afubesp e aposentados se reúnem com Santander para discutir abono

Representantes dos trabalhadores conseguiram que o Santander abrisse espaço na reunião da Comissão de Organização dos Empregados (COE) para que os aposentados se manifestassem sobre o pagamento do abono salarial de R$ 3.500,00, conquistado na campanha dos bancários deste ano. O tópico foi debatido com o banco em mesa de negociação do Acordo Aditivo na quinta-feira (20). Participaram da reunião dirigentes sindicais de todo o Brasil, a Associação dos Funcionários do Grupo Santander (Afubesp), a Comissão Nacional dos Aposentados do Banespa (CNAB), representada por Sérgio Zancopé, e a Associação dos Funcionários Aposentados do Santander (Afabesp), representada por Eros Almeida.
 
A vice presidenta da Afubesp, Rita Berlofa, conduziu a reunião fazendo um resgate da história dos trabalhadores do extinto Banespa e da necessidade do Santander cumprir o acordo firmado na Fenaban, estendendo esse direito também a esses trabalhadores, que tem suas complementações reajustadas pelo mesmo índice que corrige os salários dos funcionários da ativa.
 
O presidente da Afubesp, Camilo Fernandes, protocolou um ofício no RH do Santander exigindo que o abono, que compensa o índice de 8% abaixo da inflação, seja pago também para o grupo de aposentados participantes do Plano V do Banesprev não optantes pela Cláusula 44 do Acordo Coletivo de Trabalho do Banespa 2004/2006. Os trabalhadores entendem que a recusa do pagamento descumpre o acordo.
 
"Foi um momento extremamente importante em que mostramos ao Santander o apoio a estas manifestações legítimas dos aposentados", afirmou Camilo. O banco ouviu as reivindicações dos dirigentes sindicais e representantes dos aposentados e garantiu que discutiria internamente. No entanto, sem expectativas: durante a discussão, o Santander tentou justificar o não pagamento por meio de um parecer jurídico, que foi imediatamente desmontado pelo movimento sindical.
 
Caso esta negociação sobre o valor indenizatório não progrida, não restará alternativa senão uma ação judicial. "Não aceitaremos que os aposentados tenham mais uma perda por causa do banco", pontuou o presidente da Afubesp.
 

Fonte: Afubesp / Foto: Amanda Flor
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil