Webmail
segunda-feira, 23 de novembro de 2020

EM CIMA DA HORA

publicado em 19/11/2019

CUT-SP e sindicatos promovem atividades no Mês da Consciência Negra 

Agenda de combate ao racismo envolve debates, seminários e atos; No dia 20, movimentos organizam 16ª Marcha na Avenida Paulista

A CUT-SP promove e participa, ao lado de sindicatos e movimentos populares, de diversas atividades para refletir o Mês da Consciência Negra, que ocorre em novembro.

O Mês da Consciência Negra é uma referência à morte de Zumbi dos Palmares, escravizado que se tornou líder do Quilombo dos Palmares, junto com sua companheira Dandara, e que foi assassinado em 20 de novembro de 1665.

Tradicionalmente, os sindicatos CUTistas por todo o estado de São Paulo organizam atividades que vão desde oficinas, seminários e atos. Oficialmente, no dia 20 de novembro, é feriado em 106 cidades.

Secretária de Combate ao Racismo da CUT-SP, Rosana Silva lembra que este mês, que representa um marco histórico ao movimento negro, trouxe uma notícia para se celebrar. O Supremo Tribunal Federal decidiu no início de novembro, por 6 votos a 5, a proibição da prisão em segunda instância. Num país onde 64% da população carcerária é negra, a medida irá beneficiar muitas pessoas que foram presas sem que todos os recursos de defesa tenham se esgotado. 

“Existe o racismo institucionalizado do sistema judiciário brasileiro e essa medida repara, em parte, injustiças cometidas contra muitos que são encarceirados por serem negros, como o dj Rennan da Penha e o ex-catador de recicláveis Rafael Braga. Também celebramos a soltura de Lula, que para o movimento negro tem um simbolismo gigante pelo que fez durante seu mandato”, diz Rosana.

“Apesar da decisão do STF ser boa, vamos às ruas para lutar contra os retrocessos cometidos pelo presidente Bolsonaro. É impressionante como todas as medidas tomadas por ele atacam a população, principalmente o povo negro, pobre e periférico. A MP da Carteira Verde e Amarela só aprofunda as desigualdades para os trabalhadores e as trabalhadoras. Também seguiremos cobrando resultados sobre quem mandou matar Marielle”, continua a dirigente.

Segundo Rosana, por conta da “normalização” dos discursos de ódio e preconceito vindos, inclusive, de membros do governo, a CUT e os sindicatos têm a missão de criar, nos próximos tempos, canais de denúncias para que os trabalhadores possam relatar os casos de racismo e violência sofridos no ambiente de trabalho, seja no chão de fábrica ou no serviço público.

Confira, abaixo, o calendário das ações pelo estado de São Paulo. A agenda será atualizada constantemente e, com isso, pode sofrer alterações nas atividades. 

São Paulo

Dia 14 – 19H
Festa de Confraternização Brasil-Angola – Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região
Espaço Cultural Lélia Abramo (Rua Carlos Sampaio, 305, perto do Metrô Brigadeiro) – Entrada gratuita.

Dia 18 – 19h
Entrega do título de cidadão honorário para Luiz Gama (será recebido pelo neto), por iniciativa do vereador Reis

Dia 19 – 17h
Resistência Negra – Debate, acarajé e música ao vivo
No Armazém do Campo – Alameda Eduardo Prado, 499 – Campos Elíseos, no centro

Dia 20 – 12h
16ª Marcha da Consciência Negra de São Paulo – Vida, Liberdade e Futuro: contra o genocídio e a criminalização do povo negro!
Concentração no Masp – Avenida Paulista

Dia 26 – 19h
Sessão solene sobre cotas raciais – iniciativa do vereador Reis
Câmara Municipal de São Paulo

Dia 28
Sarau da Ponte pra Cá, com Thata Alves – Sindicato dos Bancários de São Paulo, Osasco e Região
Café dos Bancários na Rua São Bento, 413, no centro de São Paulo

Dia 30 – Das 9h às 14h
Debate sobre o mês da Consciência Negra - Afuse
Rua da Quitanda, 101, no centro

Dia 7 – 13h
CUT apresenta Samba da Resistência – Homenagem às mulheres do samba
Quadra da Nenê de Vila Matilde: Rua Júlio Rinaldi, 1 – Vila Salete, zona leste
Entrada: 1 kg de alimento não perecível

Sorocaba

Dia 20
9h - Ato ecumênico na Capela João de Camargo (Av. Barão de Tatuí, 1083 – Jd. Paulistano)
13h – Marcha Zumbi e Dandara da Capela João de Camargo à Praça Frei Baraúna
14h30 – Feira Crespa na Praça Frei Baraúna (Rua Cesário Mota, s/n, no centro)

Campinas

Dia 29 – 18h
Sexta Cultural – Juventude Negra Quer Viver
Auditório do Sindicato da Construção Civil, na Rua Barão de Jaguara, 704, no centro de Campinas 

Guarulhos

Dia 19 – Das 9h às 12h
Palestra Racismo Estrutural com Weber Lopes Góes
Sindicato dos Bancários de Guarulhos – Rua Paulo Lenk, 128 – Jardim Zaira

Santos

Dia 20
10h30 - Cerimônia em homenagem ao herói negro Zumbi dos Palmares na Praça Palmares (Avenida Afonso Pena com Avenida Siqueira Campos)
15h - 3ª Marcha Metropolitana da Consciência Negra da Baixada Santista com concentração na Praça Palmares

Diadema

Dia 17 – das 9h às 17h
1º Seminário de Formação do Movimento Negro Unificado Mulher – Apoio Apeoesp
Sede do sindicato: Tv. Roberto, 42 – Piraporinha

São Bernardo do Campo

Dia 19 – 18h30
Sessão solene em homenagem à Consciência Negra – iniciativa da vereadora Ana Nice
Plenário Tereza Delta da Câmara de São Bernardo do Campo

Mairiporã

Semana do Orgulho da Consciência Negra – Apoio da Afuse
Dia 16 – 15h – Caminhada da Consciência Negra na Praça do Rosário
Dia 20 – 19h – Debate na Câmara Municipal
Dia 23 – 15h – Atividades culturais
Dia 26 – 19h – Palestra na OAB na Rua Ipiranga, 499, no centro

  Fonte: CUT/SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil