Webmail
sexta-feira, 25 de setembro de 2020

EM CIMA DA HORA

publicado em 06/09/2016

Primeiro dia da greve dos bancários foi tranquilo no Grande ABC

Paralisação atingiu concentrações bancárias das sete cidades da região, e prossegue por tempo indeterminado.

A greve dos bancários no Grande ABC atingiu em seu primeiro dia postos de trabalho de bancos privados e públicos das sete cidades da região. Como decidido em assembleia, a paralisação priorizou áreas de maior concentração bancária dos municípios.

Até o início da tarde a greve seguia sem registro de incidentes. A estimativa é de que aproximadamente 3.300 bancários cruzaram os braços nesta terça, em 138 locais de trabalho. A paralisação segue por tempo indeterminado, até que a Fenaban apresente contraproposta aceitável. “A tendência é de continuidade da greve e com uma participação ainda maior dos bancários, em busca de uma contraproposta digna que reflita o empenho dos trabalhadores durante o ano, sem perdas e sem nenhum direito a menos”, afirma o presidente do Sindicato, Belmiro Moreira.

Cinco rodadas de negociação já foram realizadas, mas sem sucesso. Entre as reivindicações econômicas estão a reposição da inflação do período (projetada em 9,57%) mais 5% de aumento real. A Fenaban ofereceu reajuste de 6,5% e abono de R$ 3 mil, o que representa perdas de 2,8% para a categoria.
 

Fonte: Seeb/ABC
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil