Webmail
segunda-feira, 14 de outubro de 2019

EM CIMA DA HORA

publicado em 20/07/2016

Empregados farão dia nacional de luta na Caixa

Protestos na quarta 20 denunciam ataques a direitos dos bancários, sobrecarga de trabalho e risco ao caráter público da instituição
 
São Paulo – A extinção da função de caixa, a ameaça de retirada do adicional de insalubridade dos avaliadores de penhor e o acúmulo de função de tesoureiros, que agravam a sobrecarga de trabalho, são alguns dos graves problemas enfrentados pelos bancários da Caixa. Para denunciar essa situação e pressionar a direção da empresa, os trabalhadores do banco público realizam Dia Nacional de Luta na quarta-feira 20.
 
Haverá protesto em várias partes do país. O Sindicato realizará manifestações em algumas agências da cidade de São Paulo. “Além da precarização nas condições de trabalho, que impacta negativamente no atendimento em agências, denunciaremos o desmonte que está em curso na gestão de Gilberto Occhi  por meio, por exemplo, do fechamento de agências ‘deficitárias’. Medida que dificultará a execução de programas sociais como o Bolsa Família, pagamento de Fundo de Garantia, entre outras atribuições que são prerrogativas exclusivas da Caixa”, afirma o dirigente sindical Renato Perez.
 
O sindicalista orienta ainda que os trabalhadores façam diálogo constante com a população sobre sua situação e da instituição financeira. “Serão encaminhados carta aberta e cartazes para os locais de trabalho para o Dia Nacional de Luta. Mesmo sem a presença de dirigentes sindicais, o bancário tem de conversar com clientes e alertá-los de que a Caixa corre sério risco de ser privatizada.”  
 
Reuniões – Na terça 19, o Sindicato fará reunião com avaliadores de penhor, a partir das 18h30 na sede da entidade (Rua São Bento, 413, próximo à estação São Bento do Metrô).

No sábado 23, a reunião é destinada aos caixas e tesoureiros. Também na sede do Sindicato, a partir das 10h.
 
 
Fonte: Seeb/SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil