Webmail
sexta-feira, 24 de janeiro de 2020

Notícias

publicado em 06/12/2019

Dirigentes da FETEC/SP, Sindicatos e APCEF/SP se reúnem com vices-presidentes da Caixa

Dirigentes da FETEC/SP, APCEF/SP, Sindicato dos Bancários de Guarulhos e Sindicato dos Bancários de São Paulo entregaram nesta sexta-feira (6) ofício direcionado à presidência da Caixa aos vice-presidentes Gabriel Goes (Finanças e Controladoria), Cláudio Salituro (Tecnologia e Digital), ao gerente da Gipes/SP, Marcus Mirandola, ao superintendente da SR Paulista, Clayton Carneiro e ao superintendente da Sured, Robert Kennedy.? A entrega seria feita nesta quinta-feira (5) diretamente ao presidente do banco, Pedro Guimarães, durante a inauguração da SEV – Superintendência Executiva de Varejo em Guarulhos. No entanto, por impossibilidade de Guimarães, foi agendada a reunião com os VP’s para a entrega do documento.

O ofício questiona as mudanças na rede de atendimento da Caixa que foram anunciadas no início do mês. As medidas preveem mudanças na rede de atendimento, aplicando a verticalização a todos os gerentes, aprofundando a segmentação com a criação de agências ou ambientes para atendimento exclusivo para determinados perfis e mudanças na gestão das agências, com impactos para atividades como tesouraria e os caixas.

Os representantes dos empregados questionaram também a falta de transparência da direção da instituição nestes processos, lembrando como foi no fechamento das SR’s, ocorrido uma semana após reunião da mesa permanente de negociação, em que os representantes dos empregados questionaram formalmente a Caixa sobre a reestruturação e fechamento de SRs, e a resposta oficial da empresa foi de que não havia a previsão de mudanças.

Na reunião ainda foi questionada a resposta oficial da Caixa quanto às mudanças anunciadas. Os representantes da empresa dizem que ainda não há voto da diretoria autorizando sua implementação, e que elas só foram apresentadas para que os empregados pudessem dar sua opinião sobre o modelo apresentado. Segundo a direção do banco, a reestruturação tem como objetivo fazer com que a instituição continue ganhando mercado. Porém, os relatórios do Banco Central desmentem a afirmação de que a Caixa está ganhando mercado, e mostram que o vem ocorrendo é justamente o contrário, a participação da Caixa tem reduzido tanto em termos relativos quanto absolutos. Os bancos privados seguem no sentido oposto, ampliando suas carteiras de crédito.

Os representantes dos empregados cobraram o respeito da direção do banco à cláusula 48 do Acordo Coletivo de Trabalho, que prevê que os processos de reestruturação que impactam a vida dos empregados devem ser discutidos em mesa de negociação, reivindicando a realização de uma mesa permanente ainda este ano, e continuarão acompanhando a situação para defender os direitos dos empregados e uma Caixa forte e em condições de cumprir seu papel.

Manifeste-se – A Comissão Executiva dos Empregados (CEE-Caixa) também entrou em contato com a direção do banco, na semana passada, cobrando uma reunião para debater a possível reestruturação do banco.

Em contato por telefone, a direção do banco não confirmou as mudanças, alegando que se tratava apenas de um ensaio para saber a opinião dos empregados, e que nenhuma alteração havia sido votada.

Por este motivo, disponibilizamos um formulário para que os empregados possam dar sua opinião sobre as mudanças anunciadas.

Clique aqui e manifeste-se! Não é necessário se identificar. 
  Fonte: FETEC/CUT-SP, com APCEF/SP
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil