Webmail
segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Notícias

publicado em 22/11/2016

Bradesco: “Dia Nacional de Luta” por Emprego e Melhores Condições de Trabalho

O processo de incorporação do HSBC pelo Bradesco tem provocado muito desgaste aos bancários de ambos os bancos. Após a migração das 5 milhões de contas-correntes do banco inglês para o Bradesco, em outubro, os trabalhadores sofrem diariamente com a sobrecarga de trabalho, cobrança das metas, questionamentos sobre os planos de saúde, tanto dos ativos, como dos aposentados, entre outras.
 
Desde o início de 2016 a Comissão Nacional de Organização dos Empregados (COE) do Bradesco tem convocado reuniões com representantes do banco a fim de construírem soluções para os problemas que têm tirado a paz dos bancários.
 
“Temos obtido alguns avanços, mas persistem problemas com relação às demissões, às metas abusivas, a falta de segurança e de condições de trabalho. Por isso, a COE resolveu convocar esse Dia Nacional de Luta para alertar os clientes e a população sobre essa situação e chamar a atenção do banco para a necessidade de solução”, explicou a coordenadora do Coletivo Estadual dos Funcionários do Bradesco e diretora da Federação dos Bancários da CUT de São Paulo (FETEC-CUT/SP), Maria de Lourdes Silva (Malú).
 
      > Leia também: COE do Bradesco conquista avanços em reunião com o banco
 
O Dia Nacional de Luta dos funcionários do Bradesco reivindica a manutenção do emprego e mais contrações; melhores condições de trabalho; o fim das metas abusivas; mais segurança aos clientes e aos bancários; e a manutenção dos direitos conquistados pela categoria presentes na Convenção Coletiva de Trabalho.
 
DEMISSÕES
O Bradesco é um dos maiores bancos privados do país. Segundo o balanço do 3º trimestre apresentado pelo banco, a holding possuía 109.922 funcionários em 30 de setembro de 2016, após a incorporação de 21.016 empregados do antigo. “O número de funcionários diminui dia a dia. Nos primeiros nove meses do ano o Bradesco cortou 4.790 postos de trabalho”, alerta a diretora da FETEC-CUT/SP e funcionária do Bradesco. “A manutenção do emprego é uma das principais preocupações dos funcionários do Bradesco e da categoria bancária de forma geral”, completou.
 
  Fonte: FETEC/SP / Foto: Jailton Garcia - Contraf-CUT
  • Whatsapp
  • Telegram

Leia Mais

FETEC-SP é uma marca registrada. Todos os Direitos Reservados.
INFOSind - A MAIOR Empresa de Gestão Sindical do Brasil